Vamos falar de Tite

Um treinador que revolucionou o futebol. É assim que podemos definir o professor Adenor Leonardo Bachi. Um cara que deve ter algum tipo de super poder, pois é capaz de mudar qualquer ambiente em qualquer circunstância. Mas vamos por partes.


Tudo começou em 2000, quando comandava o Caxias, ainda no Rio Grande do Sul. Pegou um time de pouca tradição, de uma estrutura muito inferior aos times de ponta. Tinha a missão de comandar o time em um campeonato que contava com Internacional e Grêmio. Pois bem, Tite levou o Caxias ao improvável título, e é lembrado por isso até hoje. Desde então, já podíamos notar algo de grandioso, mesmo que jamais sabendo no que poderia vir a se tornar.


Depois do sucesso em Caxias, Tite se transferiu para um time de maior expressão no estado do RS, e pegou de cara o gigante Grêmio, time de uma torcida exigente e apaixonada. Sabendo da pressão que sofreria para dar ao Grêmio um título de expressão nacional, Tite não se intimidou, e logo naquele ano de 2001 deu ao tricolor o título da Copa do Brasil. Dois anos para Adenor, 2 títulos.


Entre muitas indas e vindas após aquele 2001, Tite treinou diversos clubes onde passou por grandes decepções e grandes conquistas, como por exemplo a Copa Sul-Americana de 2008 que conquistou treinando a equipe do Internacional, por sinal, mais uma do RS. Mas foi no ano de 2010 que Adenor encontrou sua casa.

No ano de 2010 pouco pode fazer, pois chegou faltando muito pouco para o final do Brasileirão, mas mesmo assim conseguiu levar o time a pré-libertadores do ano seguinte. Ai veio a grande decepção. Tite tinha como missão dar o tão sonhado titulo da Libertadores ao Corinthians, até então não campeão. Contava em seu elenco com jogadores como Ronaldo e Roberto Carlos. E o que aconteceu? Eliminação na pré-Libertadores.

Mas isso serviu para a grande virada de mesa. No ano de 2011 mesmo, Tite conduziu o Corinthians ao título do campeonato brasileiro, o 5º do timão. Até chegar no sonhado 2012, onde Adenor se sagrou ídolo da nação alvinegra levando o time ao título da Libertadores! Primeiro e único até aqui. E não bastasse isso, levou o time do Parque São Jorge ao título Mundial, vencido em cima do Chelsea-ING, por 1×0, no Japão. No ano de 2015, Tite ainda daria mais um título ao Corinthians: o hexacampeonato do Brasileirão. Um ídolo para a nação.

Depois de fazer um currículo invejável desses, Tite enfim assumiu a seleção brasileira. Seleção que vinha em um péssimo momento e se encontrava fora das 5 classificadas para a Copa do Mundo na eliminatórias. E o que Tite fez? Tudo. Pegou uma seleção e engatou 9 vitórias em 9 jogos, fazendo do Brasil a primeira seleção classificada (depois do país sede) para a Copa da Rússia 2018. Alguém ai duvida que esse cara tem super poderes?

Esse hexa está mais do que garantido.

Comentarios