Paraná Clube: da quase falência em 2015 à Série A em 2018

Whatsapp Image 2017 01 29 At 17.52.41 7427 Kghe U201499480992y6g 1024x682@gp Web

O torcedor do Paraná está em êxtase, depois de quase ver a falência do seu time no ano de 2015, devido a uma forte crise financeira que abalou todas as esferas do clube, viu naquele mesmo ano o clube se manter na Série B do Campeonato Brasileiro, com uma heroica 13ª colocação – devido ás circunstâncias-.

E a crise era tão grave, que dirigentes chegaram a dar declarações extremamente fortes e comoventes. Separamos algumas declarações, que você pode conferir abaixo:

– Estamos descrentes, perdendo a esperança. A gente pensa em ir para a Justiça, mas, às vezes, demora ainda mais. E ficamos na esperança de que vão pagar. Infelizmente, pela situação que está, pelas dívidas, o clube pode até acabar. Está faltando funcionário, e ninguém quer trabalhar aqui. Quem vai aceitar sabendo que não vai receber? – questiona uma funcionária, que está no clube há mais de 20 anos.

– Todo mundo que sai entra na Justiça. Tinha gente que trabalhava há mais de 20 anos no clube, que queria continuar, mas chega uma hora em que chega ao limite. Um tempo atrás, (integrantes da diretoria) falaram que ia melhorar, que essa diretoria faria diferente. Vamos esperando. E a gente vai ficando, vai ficando. Mas é difícil de sair. No meu caso, eu dependo disso aqui e não tenho para onde ir – diz um empregado do Tricolor, há seis meses sem salário.

– Tem hora que dá revolta. Espera (o salário) hoje, espera amanhã, espera um mês, outro, outro e nada. Peço para Deus que as coisas melhorem. Só Jesus pode dar uma luz – conclui uma funcionária, há mais de 20 anos no clube e que conta os dias para a aposentadoria.

– Dos jogadores, eu não posso reclamar. Eles ajudam muito. Eles recebem o bicho e dão 50, 100, 200 reais para a gente. Nós já recebemos até 850 deles. Eles também dão cesta básica. A Fúria também ajuda. Outros torcedores também. Se não fosse isso, muitas pessoas provavelmente não estariam mais aqui – completa outra funcionária, que torce pelo Tricolor desde a época do Colorado (um dos clubes fundadores do Paraná) e que não perde um jogo sequer na Vila.

– O Paraná Clube chegou em uma situação em que não tem como. É um desabafo, esse choro meu é de todos os funcionários, de todos os atletas, de todas as pessoas que estão envolvidas no Paraná. Eu sou um cara amigo, fiel. Não dependo mais do futebol. Cada lágrima dessa representa um funcionário. O funcionário que não recebe salário há quatro, cinco meses. Tem jogador que não recebe há sete meses. Eu posso sofrer represália, não tem problema. O que eu quero dizer é que os paranistas se unam. O Paraná vai acabar este ano. Não tem mais jeito. Eu não me envolvo em política, em nada. O presidente Rubens (Bohlen) é um cara de bem. O Paraná não se resume a hoje. Se resume a um problema de anos e está afunilando, está acabando – falou o diretor do tricolor em um pronunciado à imprensa após o jogo.

Mesmo com tudo isso acontecendo, o Tricolor conseguiu se manter na Série B.

No ano de 2016, o clube ainda encontrou dificuldades, foi um ano para se reestruturar, buscar quitar todas as suas dívidas e pendências com jogadores e funcionários. No campeonato estadual, nada de campanhas marcantes nesses anos.

Iniciou a Série B com um propósito: se manter. E conseguiu, somou 41 pontos, o que foi o suficiente pra manter o time na 15ª posição na tabela, e poder dar início a uma nova etapa na vida do clube.

Então veio o ano de 2017, o time já havia superado todas as expectativas, pois a previsão era de falência ainda em 2015 (e o Paraná já durava 2 anos além). Já no Campeonato Paranaense, as esperanças foram renovadas, o clube fez a melhor campanha da primeira fase do torneio, somando 28 pontos em 11 jogos, sendo 9 vitórias, 1 empate e 1 derrota, terminou 8 pontos a frente do segundo colocado Coritiba. Porém, foi eliminado logo nas quartas de final pelo Atlético Paranaense. O que não é demérito nenhum.

Img 4959 960x640

Começou a Série B, e com ela a esperança de voltar a série A depois de 10 anos depositava em um auxiliar de 30 anos, que foi efetivado como treinador, Matheus Costa. O mais jovem entre séries A e B. Humilde acima de tudo.

O Paraná fez uma campanha histórica, e com uma rodada de antecedência conseguiu garantir o acesso a série A do Campeonato Brasileiro 2018, para o delírio de sua torcida extremamente apaixonada, que recebeu seus guerreiros em casa com uma festa marcante.

Capturar

O técnico Matheus Costa, dedicou esse acesso aos técnicos que considera seus mentores, e a outro técnico histórico. Se tratam de Caio Jr (Ídolo do Paraná, que infelizmente estava a bordo do avião na tragédia da Chapecoense), Levir Culpi e Geninho. Veja as declarações de Matheus:

– Parabenizar também um grande treinador, que há 17 anos atrás estava conquistando um acesso, o Geninho, que foi muito importante na história do clube; o Levir Culpi, fui auxiliar dele na temporada passada, aprendi muito com ele; e ao Caio Júnior, excelentes treinadores. Tive a oportunidade de conhecer a família dele esse ano e tentei passar como ele é referência para mim.

Whatsapp Image 2017 11 18 At 19.56.05

Humilde, Matheus Costa também não esqueceu de dividir os méritos da conquista do acesso com seu staff.

– Parabenizar a minha comissão técnica, o Tcheco (gerente), uma excelente pessoa e profissional, o Rodrigo Rezende (preparador físico), muito mérito deles também, o Felipe Jorge (preparador de goleiros) e todo o staff envolvido. Não dá pra citar todos, mas muita gente por trás disso envolvida também e todo o CT. Só nós que vivenciamos sabemos o quanto lutamos e batalhamos para conquistar isso – disse orgulhoso.

O Paraná de Matheus Costa se despede da Série B no próximo sábado, diante do Boa Esporte, às 17h30 (horário de Brasília), na Vila Capanema.

Uma história maravilhosa, que só o futebol é capaz de nos proporcionar. Um clube que em 2 anos saiu da angústia da quase falência, ao retorno a primeira divisão do futebol nacional depois de 10 anos.

Obrigado Paraná, Obrigado Futebol.

Camisas oficiais a partir de 39,90 é só na FutFanatics! Confira:

21443175 1641740099220208 574812197 N
21553028 1641740095886875 132275763 N

———————————————————CONFIRA TAMBÉM——————————————————–

A história da incrível Batalha dos Aflitos. Confira:

Comentarios