Os 10 jogadores mais violentos da história do futebol

Futebol foi criado para ser um espetáculo, tanto dentro como fora de campo, mas nem sempre é isso que vemos. Ás vezes, as cenas dentro das 4 linhas estão longe de serem para se apreciar – pelo menos para a maioria -.

Separamos aqui, 10 jogadores que com certeza você não iria gostar de trombar sozinho em um beco escuro. Vamos lá!

Antes da lista, temos um recado: Se você é praticante de musculação, e busca suplementos alimentares de qualidade e preço acessível, conheça os produtos da Growth! Uma das maiores marcas de suplementos alimentares do país! Confira!

10 – Mark van Bommel

Maxresdefault

O volante holandês do Bayern Munique coleciona inimigos e desafetos em vários lugares do planeta. Sua “vantagem”, porém, é que sabe bater, e com isso não é tão punido pela arbitragem. Pelo contrário, consegue muitas vezes punir o adversário e ainda passar ileso. Merece figurar na lista.

9 – Sandro Goiano

Sandro Goiano From Brazil's Gremio De Po

Sorte dos jogadores que entravam em campo e estavam no mesmo time de Sandro Goiano. Na última década, o atual volante do Paysandu é, certamente, um dos maiores carniceiros do futebol brasileiro. Só a cara de mal dele já servia para assustar os adversários. Os carrinhos, então…

8 – Nigel de Jong

Nigel De Jong Xabi Alonso

A fama do volante holandês do Manchester City é recente, mas já justificável para figurar na lista. Dentro todos os selecionados, é o mais novo, com 25 anos, e já tem uma perna de um adversário quebrada. De Jong, porém, precisa ter mais aulas com Van Bommel, já que a arbitragem não costuma deixar passar em branco seus carrinhos violentos.

7 – Pepe

622 48284bd4 7086 3eb1 B4dd F15b5469f3cd

O brasileiro naturalizado português que não media forças para ganhar uma bola disputada. Multicampeão, conquistou muitos títulos pelo Real Madrid, e já conquistou a Eurocopa com a camisa de Portugal. Mas sempre será lembrado por suas “vítimas” deixadas em campo.

6 – Carlos Pachamé

Dgqz1 Vxkaievbk

O Estudiantes, tricampeão da Libertadores (1968, 69 e 70), foi um dos times mais violentos e sujos da história. Logo, precisava ter um representante nesta lista, e o escolhido foi o volante Carlos Pachamé. Chegou a trocar socos, em campo, com o companheiro Carlos Bilardo, em 1967.

5 – Edmundo

Hqdefault
Não precisamos falar muito dele, né? Jogava muito, mas deixava o cotovelo nas jogadas, dava tapa na cara dos adversários e se envolveu em várias brigas durante a carreira. Uma das mais marcantes aconteceu em 1995, quando jogava no Flamengo. Em jogo contra oVélez, deu um tapa na cara do zagueiro Flávio Zandoná, que revidou na mesma hora. Enquanto Edmundo encenava uma recuperação do tapa, o zagueiro veio pelas costas e acertou um soco de esquerda que levou o animal ao chão.

4 – Diego Simeone

Simeone Ronaldo Afp
Argentino que sempre batia muito ao jogar contra nós, mas quem dera se fosse só com o Brasil. Atuando pelo River Plate, pisou e rasgou a coxa de um jogador espanhol, que começou a sangrar na hora.

3 – Junior Baiano

Image
Atuou pela seleção brasileira e já distribuiu socos e muitas tesouras-voadoras durante a carreira. Diante dele, até os mais habilidosos pensavam duas vezes antes de fazer graça.

2 – Felipe Melo

Felipe Melo
Ficou marcado pela falta desleal e desnecessária no jogo entre Brasil e Holanda pela Copa do Mundo de 2010, em que foi expulso de campo. Há algum tempo entrou para um ranking de jogadores mais faltosos da Liga dos Campeões da Europa, jogando pelo Galatasaray. Já pelo Inter de Milão aplicou um verdadeiro golpe de kung fu no argentino Biglia.

1 – Marco Materazzi

Mourinho Marco Materazzi Champions League Fin 2954519
Usava de qualquer artifício para desestabilizar seus oponentes. Além das entradas fortes, ofendia verbalmente os rivais. O caso mais famoso foi com o francês Zidane na final da copa de 2006. Zidane se descontrolou de tal forma que deu uma cabeçada no peito do zagueiro.

Menção “honrosa” para Roy Keane, ele é uma lenda do Manchester United, onde foi capitão durante muitos anos, mas ficou marcado na história do futebol com uma das entradas mais desleais em seu rival, o noroeguês Alf-Ing Haland, do Manchester City. Enquanto jogava pelo Leeds, Haland levou um carrinho violento de Keane, que rompeu os ligamentos e perdeu temporada. Haland ironizou Keane dizendo que ele usava a lesão para escapar de punições.

Concorda com a nossa lista? Deixe seu comentário! E se lembrar de alguém que merece lugar nessa seleção, mande pra gente!


A Growth é uma das maiores lojas de suplementos alimentares do Brasil! Não deixe de conferir as ofertas da loja! Clique na imagem.

851x315 Bcaa

Comentarios